Chá de Fraldas da Mariana – Tema Corujinhas

Olá mamães,

Meu primeiro post será relacionado a um tema que eu adoro, festinhas!
Recentemente fui a um chá de fraldas de um casal de amigos muito queridos, papais da Mariana, e fiz questão de registrar tudo para mostrar pra vocês aqui no blog.

Acho essencial a futura mamãe ter o seu Chá de Bebê ou Chá de Fraldas. É uma ótima oportunidade para reunir os amigos e  a família para celebrar a chegada do bebê, além de receber os presentinhos e fraldas que são sempre bem vindos nessa nova fase. 😉

O tema do Chá de Fraldas da Mariana foi corujinhas, tudo em tons de rosa, bem delicado e feminino.

A mesa principal estava linda, com destaque para o nome da Mariana em madeira no centro da mesa. Repleta de doces e guloseimas deliciosas, tinha ainda corujinhas de feltro, além do bolo de fraldas com fitas em tons de rosa poá. De fundo, foi colocado um varalzinho escrito “Baby Shower” com dois bodies fofinhos da Mari.

Foto 1 Foto 2

Uma idéia bem legal e que dá personalidade à festa, são as plaquinhas seguindo o tema.
A colherzinha decorada com o carrinho de bebê ficou uma graça. Esse detalhe da colherzinha, você ou as vovós e titias, podem fazer. Basta comprar enfeitinhos ou lacinhos em qualquer loja de armarinhos da sua cidade e colar com cola quente nas colherzinhas descartáveis.
Foto 3

Foram montadas também duas mesas auxiliares. Uma delas, para colocar o restante dos docinhos e a lembrancinha do chá, que foi um chaveiro de corujinha feita em feltro.
Foto 4 Foto 5

Na outra mesa auxiliar, foram colocadas as garrafinhas de água, também personalizadas no tema da festa, guardanapos e pratinhos, além de mais docinhos e guloseimas. Para enfeitar, tinha ainda o apelido da bebê, Mari, em letras caixa feita em papel. E ainda um mini carrinho de bebê, cheio de tubinhos de confeitos de chocolate.
Foto 6 Foto7 Foto8 Foto 9

Em cada uma das mesinhas montadas para acomodar os convidados, tinha essa gaiolinha de papel com um vasinho de flor dentro. Um charme!
Foto 10

Espero que tenham gostado do post e que as idéias possam servir de inspiração para alguma mamãe que está nessa fase do chá.

Para as mamães que já tiveram o seu chá de bebê ou de fraldas, envie para nós suas fotos e nos conte um pouquinho como foi sua festinha. Será um prazer falar sobre ela aqui no blog. ❤

Um beijo,
Mirela

Fotos: Arquivo pessoal

Advertisements

Quem somos

Eu sou a Nana

Ana1

Eu sou a Nana, apelido de criança ainda utilizado pela minha família, originado do meu nome Ana Paula.

Tenho 34 anos, sou mãe de Ana Clara de 2 anos que é a minha razão para a grande mudança na minha vida!

Morei a maior parte da minha vida em São Paulo, trabalhando em multinacional e viajando pelo mundo. Depois que minha filha nasceu, percebi que não conseguiria mais me dedicar horas e horas do meu dia à uma empresa e ainda ter que deixá-la para viajar para o exterior, era pesado demais! Foi então que percebi que esta vida não era mais o que eu queria para mim!

Deixei a empresa, vendemos o apê de Sampa e nos mudamos para Sorocaba. Local onde nasci e tenho quase toda a minha família e amigos queridos que participam ativamente da minha vida!

Embora seja formada em Tecnologia da Informação com pós em Inteligência de Mercado, sinto que finalmente me achei criando a boutique online, onde com a força da minha sócia amiga-irmã Mirela, uni a minha paixão pelo universo infantil á minha experiência profissional.

Sou gente como a gente, adoro viajar, conhecer restaurantes novos, tomar um bom vinho e uma cervejinha gelada com as amigas!! Tudo que fiz na minha vida até hoje colaborou para ser quem sou, com decepções, lutas e vitórias, sendo que a maior de todas, com certeza, foi me tornar mãe e trabalhar para que um sonho virasse realidade!

A Nana Petit Baby Store nasceu deste sonho para inspirar mamães, e este blog é um canal direto com mulheres que como eu, vivem as alegrias e as angústias da maternidade.

Para mim não tem algo mais encantador do que escutar um: “Mamãe?!” ❤

Beijo,

Nana

Eu sou a Mirela

mirela1

Eu sou a Mirela, a outra metade da Nana Petit. Uma realização concretizada a partir de um desejo da Ana em trabalhar com o universo infantil e do meu sonho de ser empreendedora e trabalhar com moda.
Somos amigas e cúmplices já há muitos anos e entre todas as mil conversas do dia dia, porquê não nos juntarmos para transformar os nossos sonhos em realidade?! E daí surgiu a Nana Petit! Agora além de amigas, irmãs de coração, somos também sócias. E a sintonia não poderia ser diferente! ❤

Sou recém-casada e por enquanto quero esperar um pouquinho para ter filhos. Quero curtir um pouco mais a vidinha de casada, o maridão, antes de iniciar essa nova etapa, que não tenho dúvidas que deve ser a mais incrível da vida de uma mulher. Enquanto isso, aproveito para curtir minha fofucha Clarinha, que alegra os meus dias, me encanta com cada sorriso e que eu amo tanto!

Nesse blog irei falar sobre dicas de moda para bebês, decorações relacionadas ao universo infantil, idéias para festinhas, entre outros temas que me encantam e que ficarei feliz em compartilhar com vocês. 🙂

Um beijo,
Mirela

Natal, época mágica para as crianças!!!

 

placa vermelha
Considero o Natal a melhor época do ano, as pessoas ficam mais alegres e generosas, a esperança se renova e o espírito natalino toma posse de todos a nossa volta, até dos que aparentam certa indiferença a celebração do nascimento de Jesus.

E quando se tem criança em casa?! Tudo fica ainda mais gostoso!! Todos os preparativos, a decoração, a ceia, os presentes, cada detalhe se torna encantamento puro aos olhos de uma criança.

Gosto de montar minha árvore no primeiro dia de novembro para aproveitar ao máximo a decoração que vai tomando tons de vermelho e dourado pela casa. Este ano minha filha, já com dois anos e quatro meses, participou bem mais da montagem. Ela tirava cada enfeite da caixa, como algo único e mágico e por muitas vezes soltava um: ”Uaaauuuu” , que é impossível não rir de tão fofo! Depois da árvore pronta, foi o momento do “grand finale”, quando acendemos as luzinhas e ela dava pulinhos de excitação! Foi tudo tão gostoso que nem percebi que já havia passado da hora de ela ir para a cama.

Por isso, sempre busco novidades para inovar dentro da minha casa, e principalmente, que possam envolver a minha petit na preparação, assim além de se tornar um momento de cumplicidade mãe e filha, ela vai aprendendo a apreciar esta época do ano tão especial! Garimpei umas idéias, quem sabe alguma delas te encante também:

Para quem veste a camisa natalina: Visual Bonequinha de Neve Super fofo!!!

Tem boneco de neve mais fofo que esta baby!?
Tem boneco de neve mais fofo que esta baby!?

Comidinhas fáceis com a cara do Natal:

Árvore de natal feita com alimentos saudáveis servidos de uma forma divertida para a criançada! Vale a pena fazer um molho de queijo para acompanhar!
Árvore de natal feita com alimentos saudáveis servidos de uma forma divertida para a criançada! Vale a pena fazer um molho de queijo para acompanhar!
Gorrinhos de Papai Noel feitos de uva, morango, banana e marshmallow! humm
Gorrinhos de Papai Noel feitos de uva, morango, banana e marshmallow! humm

 Decoração para criar com seus filhos:

Carinha de papai noel feito de papel e tinta para pendurar na árvore!
Carinha de papai noel feito de papel e tinta para pendurar na árvore!
Bola de natal transparente com mãozinha!!
Bola de natal transparente com mãozinha!!
Bola de árvore de natal com pezinho de glíter!
Bola de árvore de natal com pezinho de Glitter!
Rena feita de rolha e palito de dentes!
Rena feita de rolha e palitinhos!
Renas de papel em formato de mãozinha!!
Renas de papel em formato de mãozinha!!
Cartão de natal com pezinhos lindos!!
Cartão de natal com pezinhos lindos!!
Boneco de neve com marshmallow coloado em cartolina!!
Boneco de neve com marshmallow colado em cartolina!!
Árvore de natal feita de cds velhos e fotinhos fofas!!
Árvore de natal feita de cds velhos e fotinhos fofas!!

Se você tiver mais ideias bacanas que fez com seus filhos para o Natal, mande pra gente!!!

Fonte: Pinterest e arquivo pessoal

 

A TRANSIÇÃO DO PEITO PARA O LEITE EM PÓ

Cada mãe sabe classificar o momento que foi mais desafiador no seu primeiro ano de vida como mamãe! O meu com certeza, foi a transição do peito para o leite em pó! Amamentei minha filha exclusivamente no peito até os 6 meses, depois disso comecei a preparar tanto a mim quanto a ela para a minha volta ao trabalho, que seria dali há 2 meses, portanto esse era o tempo que eu teria para que ela iniciasse na mamadeira e para introduzir as papinhas na alimentação.

Comecei tentando trocar as famosas “mamadas lanchinho”, a do meio da manhã e a do meio da tarde. Coloquei o leite em pó na mesma mamadeira, que às vezes deixava o meu próprio leite, quando precisava dar umas saidinhas durante a minha licença maternidade, para outra pessoa dar a ela, e assim achei que seria mais fácil! Ledo engano, minha filha não tomava! Comprei o Nan, e depois todos os outros leites de lata que existem em farmácias e fui testando um a um, insistindo para ver se ela pegava o gosto por algum e nenhum, nenhum mesmo ela tomou! Cheguei a num nível de desespero tão grande que tentei até o Ninho liquido de caixinha e claro que não rolou também! Então parti para o mingau e não é que ela gostou?! Minha filha não tomava mamadeira, mas comia mingau!! Fiquei tão feliz porque ela já estava perdendo peso e dormindo mal, pois sentia falta das mamadas, mas o mingau me salvou e de repente virei uma especialista em mingau. Comecei a fazer mingau com Mucilon, Nan e variar nas combinações com frutas e ela comia. Logo começou a comer purezinho de fruta, e depois de oferecer por três dias a mesma fruta ia para outra e outra e quando vi minha filha já havia provado a quitanda toda, com exceção do morango, do caju e da carambola, que não podem ser oferecidos a bebês com menos de um ano por risco de alergias. Mas aqui entre nós, caju e carambola só entravam em casa para a caipirinha, então estávamos super bem no quesito “desenvolver o paladar para a fruta” como dizia a pediatra.

Quanto a mamadeira?! Ela ainda não tomava, comia mingau, comia frutas, mas nada de tomar a mamadeira. Foi então que passei para a etapa mais avançada, a papinha! Comecei a fazer as papinhas conforme prescrição médica, 1 carne (boi/ frango/ fígado) com 3 legumes e 1 verdura, colocava os temperos que já costumava colocar na minha comida, como cebola, alho e ervas naturais e deixava na panela de pressão, depois batia no liquidificador e congelava os potinhos e pronto! Quando ela comeu pela primeira vez, claro que fez cara feia e recusou, mas após algumas tentativas ela já estava comendo um pouquinho mais da papinha por dia e descobri que a que ela mais gostava era a de fígado! Sim, de fígado! E lá vai a mamãe comprar fígado fresco no açougue para fazer para a pequena! Só com muito amor mesmo para aturar o cheiro que domina o ambiente de um fígado cozinhando na pressão!!!

Papinha dominada, mas e o leite?! Ainda não tomava, já comia frutas, já comia papinhas, já estava até enjoando do mingau e nada de tomar uma mamadeira de leite em pó! Foi quando depois de trocar madeiras, bicos e marcas de leite, bater leite com todas as frutas e descobrir que ela tomava um pouquinho quando era misturado com banana, que dei minha última cartada! Misturei o leite em pó com um pouquinho de achocolatado da Nutren, mas mesmo assim ela não tomou!! Aí já não sabia mais para que santo rezava e principalmente já me via com ela aos oito anos tirando minha roupa na rua para mamar, mas recebi uma luz e resolvi fazer o leite que adorava tomar quando era criança: achocolado batido com banana! E foi o que fiz, bati no liquidificador o leite em pó, uma banana e uma colher de chá de Nutren de chocolate e ela tomou!! TUDO!!!! E a partir daí, ela já tinha outras fontes de alimento e eu continuei a dar o peito só pela manhã até ela completar 9 meses, e depois disso, fui substituindo as mamadas pela mamadeira vitaminada, até que ela não se lembrou mais do meu peito. Com o tempo fui tirando o achocolatado, a banana e hoje com dois anos ela toma mamadeira só com leite em pó, três vezes ao dia! Minha querida companheira mamãe, este é um relato verídico de alguém que como você tenta fazer tudo aquilo que os especialistas indicam, mas que nem sempre é a realidade que conseguimos colocar em prática nos nossos lares.

Por isso digo, sei que bater no liquidificador não é o ideal, e que dar o papa fresquinho saído do forno direto para a mesa é sensacional, assim como oferecer achocolatado pode ser considerado um pecado mortal e que cada mãe escolhe até quando vai amamentar seu filho no peito. Mas repito, sou mãe e comigo foi assim, estou aqui dividindo uma angustia do meu passado que pode ser a do seu presente, com o objetivo de te confortar ao saber que no final tudo dá certo e seu filho passará por esta fase com saúde, basta que você tenha paciência e siga um pouco do seu feeling como mãe!

Acredito que a receita ideal é aquela que resolve a sua vida com equilíbrio, respeitando a saúde do seu filho e você como mãe. Porque antes de uma papinha fresquinha amassada na peneira todos os dias e o peito materno a livre demanda até a criança andar de bicicleta, o que qualquer filho precisa mesmo, é de uma mãe que não esteja estressada e extremamente cansada para brincar, dar carinho, atenção e incentivar seu convívio com outras crianças.

Divida conosco a sua experiência, como foi esta etapa com você?! Essa troca de informações com certeza pode ajudar outras mães que estão passando por esta transição agora!

Também sugiro dar uma lida nestas dicas de especialistas que foram publicadas pela revista Pais&Filhos, achei interessante e resolvi compartilhar, pois tem muito a ver com o tema, e eles lembram algo muito importante, que todas estas transições significam que nossos filhos estão crescendo e cada vez mais se inserindo no mundo! Viva!!!

http://www.paisefilhos.com.br/culpa-nao/a-transicao-do-leite-materno-para-as-papinhas

Esta foto foi super de celular para registrar o primeiro mingau que a Clarinha comeu!! Não ficou uma fofura esta carinha séria e sujinha?
Esta foto foi super de celular para registrar o primeiro mingau que a Clarinha comeu!! Não ficou uma fofura esta carinha séria e sujinha?
Este foi o primeiro pedaço de pão que a Clarinha agarrou e adorou ficar com ele na boca! Também super de celular por isso me perdoem! Olha que delícia de mãozinha!! Já tenho saudades de quando ela tinha este tamanho!
Este foi o primeiro pedaço de pão que a Clarinha agarrou e adorou ficar com ele na boca! Também super de celular por isso me perdoem! Olha que delícia de mãozinha!! Já tenho saudades de quando ela tinha este tamanho!