A TRANSIÇÃO DO PEITO PARA O LEITE EM PÓ

Cada mãe sabe classificar o momento que foi mais desafiador no seu primeiro ano de vida como mamãe! O meu com certeza, foi a transição do peito para o leite em pó! Amamentei minha filha exclusivamente no peito até os 6 meses, depois disso comecei a preparar tanto a mim quanto a ela para a minha volta ao trabalho, que seria dali há 2 meses, portanto esse era o tempo que eu teria para que ela iniciasse na mamadeira e para introduzir as papinhas na alimentação.

Comecei tentando trocar as famosas “mamadas lanchinho”, a do meio da manhã e a do meio da tarde. Coloquei o leite em pó na mesma mamadeira, que às vezes deixava o meu próprio leite, quando precisava dar umas saidinhas durante a minha licença maternidade, para outra pessoa dar a ela, e assim achei que seria mais fácil! Ledo engano, minha filha não tomava! Comprei o Nan, e depois todos os outros leites de lata que existem em farmácias e fui testando um a um, insistindo para ver se ela pegava o gosto por algum e nenhum, nenhum mesmo ela tomou! Cheguei a num nível de desespero tão grande que tentei até o Ninho liquido de caixinha e claro que não rolou também! Então parti para o mingau e não é que ela gostou?! Minha filha não tomava mamadeira, mas comia mingau!! Fiquei tão feliz porque ela já estava perdendo peso e dormindo mal, pois sentia falta das mamadas, mas o mingau me salvou e de repente virei uma especialista em mingau. Comecei a fazer mingau com Mucilon, Nan e variar nas combinações com frutas e ela comia. Logo começou a comer purezinho de fruta, e depois de oferecer por três dias a mesma fruta ia para outra e outra e quando vi minha filha já havia provado a quitanda toda, com exceção do morango, do caju e da carambola, que não podem ser oferecidos a bebês com menos de um ano por risco de alergias. Mas aqui entre nós, caju e carambola só entravam em casa para a caipirinha, então estávamos super bem no quesito “desenvolver o paladar para a fruta” como dizia a pediatra.

Quanto a mamadeira?! Ela ainda não tomava, comia mingau, comia frutas, mas nada de tomar a mamadeira. Foi então que passei para a etapa mais avançada, a papinha! Comecei a fazer as papinhas conforme prescrição médica, 1 carne (boi/ frango/ fígado) com 3 legumes e 1 verdura, colocava os temperos que já costumava colocar na minha comida, como cebola, alho e ervas naturais e deixava na panela de pressão, depois batia no liquidificador e congelava os potinhos e pronto! Quando ela comeu pela primeira vez, claro que fez cara feia e recusou, mas após algumas tentativas ela já estava comendo um pouquinho mais da papinha por dia e descobri que a que ela mais gostava era a de fígado! Sim, de fígado! E lá vai a mamãe comprar fígado fresco no açougue para fazer para a pequena! Só com muito amor mesmo para aturar o cheiro que domina o ambiente de um fígado cozinhando na pressão!!!

Papinha dominada, mas e o leite?! Ainda não tomava, já comia frutas, já comia papinhas, já estava até enjoando do mingau e nada de tomar uma mamadeira de leite em pó! Foi quando depois de trocar madeiras, bicos e marcas de leite, bater leite com todas as frutas e descobrir que ela tomava um pouquinho quando era misturado com banana, que dei minha última cartada! Misturei o leite em pó com um pouquinho de achocolatado da Nutren, mas mesmo assim ela não tomou!! Aí já não sabia mais para que santo rezava e principalmente já me via com ela aos oito anos tirando minha roupa na rua para mamar, mas recebi uma luz e resolvi fazer o leite que adorava tomar quando era criança: achocolado batido com banana! E foi o que fiz, bati no liquidificador o leite em pó, uma banana e uma colher de chá de Nutren de chocolate e ela tomou!! TUDO!!!! E a partir daí, ela já tinha outras fontes de alimento e eu continuei a dar o peito só pela manhã até ela completar 9 meses, e depois disso, fui substituindo as mamadas pela mamadeira vitaminada, até que ela não se lembrou mais do meu peito. Com o tempo fui tirando o achocolatado, a banana e hoje com dois anos ela toma mamadeira só com leite em pó, três vezes ao dia! Minha querida companheira mamãe, este é um relato verídico de alguém que como você tenta fazer tudo aquilo que os especialistas indicam, mas que nem sempre é a realidade que conseguimos colocar em prática nos nossos lares.

Por isso digo, sei que bater no liquidificador não é o ideal, e que dar o papa fresquinho saído do forno direto para a mesa é sensacional, assim como oferecer achocolatado pode ser considerado um pecado mortal e que cada mãe escolhe até quando vai amamentar seu filho no peito. Mas repito, sou mãe e comigo foi assim, estou aqui dividindo uma angustia do meu passado que pode ser a do seu presente, com o objetivo de te confortar ao saber que no final tudo dá certo e seu filho passará por esta fase com saúde, basta que você tenha paciência e siga um pouco do seu feeling como mãe!

Acredito que a receita ideal é aquela que resolve a sua vida com equilíbrio, respeitando a saúde do seu filho e você como mãe. Porque antes de uma papinha fresquinha amassada na peneira todos os dias e o peito materno a livre demanda até a criança andar de bicicleta, o que qualquer filho precisa mesmo, é de uma mãe que não esteja estressada e extremamente cansada para brincar, dar carinho, atenção e incentivar seu convívio com outras crianças.

Divida conosco a sua experiência, como foi esta etapa com você?! Essa troca de informações com certeza pode ajudar outras mães que estão passando por esta transição agora!

Também sugiro dar uma lida nestas dicas de especialistas que foram publicadas pela revista Pais&Filhos, achei interessante e resolvi compartilhar, pois tem muito a ver com o tema, e eles lembram algo muito importante, que todas estas transições significam que nossos filhos estão crescendo e cada vez mais se inserindo no mundo! Viva!!!

http://www.paisefilhos.com.br/culpa-nao/a-transicao-do-leite-materno-para-as-papinhas

Esta foto foi super de celular para registrar o primeiro mingau que a Clarinha comeu!! Não ficou uma fofura esta carinha séria e sujinha?
Esta foto foi super de celular para registrar o primeiro mingau que a Clarinha comeu!! Não ficou uma fofura esta carinha séria e sujinha?
Este foi o primeiro pedaço de pão que a Clarinha agarrou e adorou ficar com ele na boca! Também super de celular por isso me perdoem! Olha que delícia de mãozinha!! Já tenho saudades de quando ela tinha este tamanho!
Este foi o primeiro pedaço de pão que a Clarinha agarrou e adorou ficar com ele na boca! Também super de celular por isso me perdoem! Olha que delícia de mãozinha!! Já tenho saudades de quando ela tinha este tamanho!
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s